Loja Virtual Moda e Styles

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

CAMPANHA 2015 ANIMALE







54º FEIRA DA PROVIDÊNCIA

http://www.feiradaprovidencia.org.br/

terça-feira, 18 de novembro de 2014

COLEÇÃO VERÃO 2015 - FASHION RIO - VÍDEOS
















 TNG




PROCESSO DE TRANSFORMAÇÃO E LAVAGEM DO JEANS













Fotos: Cristiane Montes

sexta-feira, 7 de novembro de 2014

3° Salão de Artes Visuais CCFA




Com objetivo de valorizar a arte contemporânea e o surgimento de novos artistas, é criado na cidade de Niterói o Salão de Artes Visuais CCFA, que está em sua segunda edição, realizado pela Galeria 52 da Aliança Francesa de Niterói e a Galeria ICG do Instituto Cultural Germânico.

Inscrições: 3 a 26 de novembro através de cadastro padronizado que se encontra nos sites das duas galerias realizadoras.

Entrega de material por e-mail: galeria@icgermanico.com.br ou direcao@afniteroi.com.br
Por correio ou fisicamente: Galeria de arte de ICG: Avenida Sete de Setembro, 131, Icaraí, Niterói – RJ, CEP: 24.230-250 ou Aliança Francesa de Niterói: rua Lopes Trovão, 52-2º andar, Icaraí, Niterói – RJ, CEP: 24.220-071

Maiores informações:

GALERIA ICG                                                    ALIANÇA FRANCESA
galeria@icgermanico.com.br                              direcao@afniteroi.com
Tel.: 2714 0879                                                               Tel.: 2610-3966
galeriaicg.blogspot.com.br                                 www.afniteroi.com.br
culturalicg.blogspot.com.br

Exposição Galeria ICG


O Instituto Cultural Germânico recebe, mais uma vez, uma série de exposições coletivas que compõem o Espaço Cultural Galeria desde maio de 2014. Em novembro, a Galeria fica no comando da mineira Rachel Gouvêa e da niteroiense Roberta Dacosta.
A artista plástica Rachel Gouvêa parte de ensaios fotográficos realizados por ela para transpor em pinturas seus enquadramentos mais fechados. Closes, segundo a artista, “é quando a câmera deseja alcançar emoção, aproxima-se em close. No mesmo movimento, chegar mais perto e permite detalhar objetos ou situações. O close nada mais é que a ausência de ruídos, a objetividade colocada em prioridade, o sentimental em grande voltagem”.
Roberta Dacosta é uma artista plástica que transforma a lentidão e a continuidade em cúmplices de um processo de pintura onde a composição surge aos poucos, desenvolvendo narrativas distintas. Na série Rio DACOSTA o “observador é quem decide o que quer observar, o micro ou o macro, o material ou o metafísico, portanto, a obra de Roberta é um libelo artístico que transforma a relação entre observador e objeto, inerente à sua própria gênese criativa e, portanto, indivisível”, diz a artista.

Serviço:
Abertura: 06 de novembro/2014, 19h, na galeria ICG.
Visitação: 07 de novembro a 06 de Dezembro, de segunda a sexta-feira, de 15h as 20h e aos sábados, de 11h as 16h.
Entrada franca.
Instituto Cultural Germânico - Av. Sete de Setembro, 131 – Icaraí – Niterói. (21) 2714 0879

terça-feira, 4 de novembro de 2014

O Salão +B começa hoje! Confira a programação da edição de inverno 2015


VERNISSAGE DA EXPOSIÇÃO: « SOBREPONTOS » de DENISE BERBERT






13 de novembro 19H

"SOBREPONTOS" ... é a costura entre a simplicidade e o detalhismo, é a explosão em cores de cores sobrepostas.

"SOBREPONTOS " ... é o diálogo de pontos de vista, pontos turísticos , pontos feitos um a um numa simplicidade precisa diante da complexidade urbana que vivemos.

"SOBREPONTOS" harmoniza cores e formas que se equilibram causando um irresistível encantamento com o público.

VISITTAÇÃO: ATÉ 2 DE DEZEMBRO DE 2015
2ª a 5ª de 8h30 às 20h
6ª de 8h30 às 19h
Sábado de 8h30 às 12h


LOCAL: Galeria 52 da Aliança Francesa de Niterói
Rua Lopes Trovão 52 – 2º andar - Icaraí - Niterói – RJ / 2610-3966


SOBRE A ARTISTA
DENISE BERBERT nasceu em 1965 em Nova Friburgo /Rj , desde de criança já se arriscava entre tintas e telas.

No início da década de 80, Denise Berbert passou a ter aulas com o artista plástico e cenógrafo Luciano Maurício. A partir daí sua paixão pela arte foi além da produção somente.
Dedicou-se às ilustrações que desenvolveu para diversos meios, aprofundou-se nos estudos e formou-se Arte-Educadora pela FACEN-Niterói. Lá se vão 29 anos de conhecimento e contribuição tanto na vida acadêmica, quanto coordenando projetos, oficinas e ministrando inúmeras palestras de Arte e Cultura.
Em 2007 a artista foi contemplada com o prêmio Galdino do Valle pelo conjunto do seu trabalho.
 
Em 2008 Denise retorna a Niterói, e em 2012 participa do Casa Design.  No ano de 2013, a convite do designer Gilson Martins, ambos embaixadores do que há de melhor do Rio de Janeiro, Denise expôs com sucesso em Ipanema. PONTOS E POSTAIS era o tema de ode ao Rio de Janeiro.
                     
Após o sucesso obtido em vendas e visitação, Denise foi convidada a participar do "CONNEXION ART BRÉSIL FRANCE POUR LA LUTTE CONTRE CANCER", em setembro de 2013 no Carrousel du Louvre, Paris.

Em outubro de 2013 foi a vez de expor em Wesel, na GALERIA SCHAU-ART, Alemanha.
Então chegamos a 2014, com a cadeira " NOITES CARIOCAS", apresentada no CASA DESIGN PARADE.

Mais uma vez, Denise Berbert volta a expor no Carrousel du Louvre, outubro de 2014, "LE SALON PROFESSIONNEL D'ART CONTEMPORAIN ", e tem seu nome incluído no GUIDE INTERNACIONAL DE ARTISTAS CONTEMPORÂNEOS.


Palavras de Heloiza Aquino
 «A Arte de Denise Berbert veste a cidade maravilhosa que fica eternizada na contemporaneidade de forma lúdica, envolvente e sedutora, logo ao primeiro olhar. A sua assinatura artística é composta, harmoniosa, possui estética e equilíbrio cromático carregados de registros de seu entorno, de suas vivências, de sua cidade com suas belas praias, suas mulheres, seus guarda-sóis coloridos, o Corcovado, o famoso Pão de Açúcar, o Cristo Redentor e muitos outros símbolos reconhecidos e admirados no mundo todo. Muito além disso, inconscientemente, Denise nos sugere vagar em outras esferas artísticas: a poética, e a musical. As paisagens, símbolos e ícones criados por Denise Berbert conduzem a imaginação, o pensamento e nos transportam facilmente, à Garota de Ipanema de Vinicius de Moraes, ao Corcovado de Tom Jobim, à Aquarela de Toquinho e porque não do Leme ao Pontal de Tim Maia? A arte de Denise é composta ao mesmo tempo libertadora, promove interligações com outras disciplinas artísticas e temas sociais, uma das propostas centrais da pluridisciplinaridade e da arte contemporânea».
Heloiza de Aquino Azevedo

Biografa, educadora, especialista em Arte e Cidade pela Unicamp
e em Arte Contemporânea Portuguesa pelo Instituto Camões e
Universidade Aberta de Lisboa


“A arte faz história e reflete o seu tempo. A positividade da obra de Denise Berbert fala de um Brasil em pleno processo democrático. Não há ufanismo, mas orgulho do que se tem e do que se é. Sentimento necessário ao ser humano para que sua identidade se construa integrada à aceitação de si mesmo.

Cada símbolo escolhido por Denise é nosso, bem brasileiro, e por isso os quadros da artista nos afetam, nos tocam e neles nos reconhecemos. Vemos o Cristo Redentor, o Corcovado, a orla, o mar, confetes, guarda-sóis, bicicletas. Tudo gira em nossa mente mexendo com nossa memória afetiva. É o Brasil! É o nosso país! E nós o conhecemos bem. Há diversos ângulos e perspectivas para sabê-lo, mas não é preciso pessimismo para se ter consciência política e social.

Os quadros de Denise Berbert alegram, trazem cor, vibração e a certeza de que o mundo gira, como um caleidoscópio, alterando suas formas, porque viver é sempre um desafio, mas viver é também encantador.
Simone Brandão Mattos
Psicolinguista - Psicopedagoga - Fundadora do Curso Palavra Mágica


Exposição interativa "MOVE! Plasticity" celebra os 35 anos da Melissa

                   Autorretrato do artista Rimon Guimarães, um dos participantes da “MOVE! Plasticity” ©Divulgação
Em novembro, a Melissa completa 35 anos e, para comemorar a data, a marca realiza o “MOVE! Plasticity”, evento que une arte e moda por meio de diversas instalações assinadas por diferentes artistas. A exposição acontece entre os dias 4 e 9 de novembro, durante o SPFW Inverno 2015, no lounge da Bienal do Ibirapuera. A entrada é gratuita.
Com direção de Antonio Haslauer e curadoria de Cecilia Dean, co-fundadora da revista “Visionaire”, e do jornalista de arte e moda David Colman, a “MOVE! Plasticity” traz cinco obras de artistas brasileiros e internacionais: Eli Sudbrack, Ryan Mcnamara, Valeska Soares, Rob Pruitt e Rimon Guimarães para Coletivo Banzai. Cada uma das instalações, todas interativas, propõe celebrar a marca Melissa e sua principal matéria-prima, o plástico.
Entre as obras, está o corredor de pernas coreografadas do americano McNamara, artista baseado no Brooklyn, em Nova York, e um dos nomes mais fortes da cena jovem, apontado pelo “The New York Times” como destaque de sua geração. Nele, pernas de dançarinos ficam “expostas”, calçadas com Melissas icônicas lançadas ao longo dos últimos 35 anos. Em certos momentos, o próprio público pode entrar no lugar dos dançarinos e seguir a coreografia feita pelo artista. Além disso, a artista Valeska Soares imitará o processo de moldagem do caramelo, em que atores trabalharam em blocos de doces que, aliás, o público vai poder saborear. Representada pela Fortes Vilaça, ela é outro nome forte que representa o Brasil no cenário internacional.
A mostra “MOVE!” foi criada e apresentada originalmente no MoMA PS1, de Nova York, em outubro de 2010. Em 2013, o evento veio pela primeira vez ao Brasil, pelo SESC São Paulo, e incluiu alguns trabalhos apresentados no MoMA PS1 junto a um novo conjunto de performances inéditas, especialmente concebidas por artistas brasileiros e estrangeiros, como Vik Muniz e Rob Pruitt.

“MOVE! Plasticity” @ São Paulo
De 4 a 9 de novembro
Horário de visitação: terça, quinta, sexta-feira e domingo, das 9h às 19h (entrada até às 18h); quarta-feira e sábado, das 9h às 22h (entrada até 21h)
Lounge da Bienal de São Paulo – Avenida Pedro Álvares Cabral, portão 3
Entrada gratuita


Fonte  http://ffw.com.br